Notícia

  • 20/06
  • 2018

Renda fixa pode ter rentabilidade negativa?

No mês de maio de 2018, alguns títulos e fundos de renda fixa apresentaram rentabilidade negativa. Apesar da denominação, os fundos de “Renda Fixa” realizam investimentos cujos retornos apresentam oscilações até seu vencimento – como as NTN-B’s atreladas à inflação, ou seja, a performance desses investimentos depende da estratégia adotada pelos gestores e também das condições do mercado.

O que aconteceu especificamente em maio, foi uma maior oscilação das taxas pagas pelos títulos de renda fixa, em virtude do cenário mais desafiador projetado pelo mercado para a economia brasileira. Isso ocorreu por uma série de fatores, não só no cenário interno como no cenário externo, entre eles: juros e inflação mais elevados nos países desenvolvidos como EUA, fortalecimento do dólar comparado a outras moedas, redução da liquidez global que afetou os países emergentes e a preocupação com a guerra comercial entre os Estados Unidos e as demais economias. Já no cenário local, o Banco Central decidiu interromper o ritmo de corte da taxa de juros, mesmo com um cenário de inflação baixa.  

Apesar disso, é importante ter em mente que a busca de maior rentabilidade implica em maior volatilidade (risco). Isso significa que, no curto prazo, são normais e esperados períodos de rentabilidade negativa, mesmo na renda fixa, com vistas em obter, nos médio e longo prazos, o potencial de maiores retornos. Não esquecendo também que a Fasern possui uma estrutura única de investimentos que é comum a todos os perfis, essa carteira é composta por investimentos em renda fixa, renda variável e empréstimos. Sendo assim, a diferença de um perfil mais conservador para um mais agressivo se dá pelo grau de concentração de investimentos nesses segmentos, ou seja, embora o perfil conservador tenha maior concentração em renda fixa, a sua rentabilidade é também afetada, embora em menor proporção, pelos resultados da renda variável. 

Vale lembrar que, embora alguns índices tenham apresentado rentabilidade negativa em maio, ainda assim, no histórico de longo prazo, os retornos obtidos pelos perfis de investimentos da Fasern são positivos e superiores aos principais indicadores de mercado.

 

Área de Investimentos da Fasern


voltar
0 Pessoa(s) Comentaram:
Topo

Os campos abaixo apresentam erro:

  • Nome
  • E-mail
  • Mensagem

Cadastrado com sucesso


Os campos abaixo apresentam erro:

  • Nome
  • E-mail
  • Mensagem

Cadastrado com sucesso

Mapa do Site